Bandeira da Etiópia

Bandeira da Etiópia
ETIÓPIA

Nome oficial: República Democrática Federal da Etiópia

የኢትዮጵያ ፌዴራላዊ ዴሞክራሲያዊ ሪፐብሊክ
ye-Ītyōṗṗyā Fēdēralāwī Dēmōkrāsīyāwī Rīpeblīk (amárico)

Capital: Adis Abeba

Localização: Chifre da África (Nordeste Africano)

Data da última adoção: 6 de fevereiro de 1996

Proporção: 1:2

A Bandeira da Etiópia é uma das mais antigas da África.

Na bandeira atual, a cor verde na Bandeira da Etiópia representa a fertilidade do país, o amarelo simboliza a liberdade religiosa e a cor vermelha evoca os que morreram defendendo a integridade nacional.

Na parte central, o Brasão da Etiópia. A estrela dourada de cinco pontas do brasão representa a igualdade entre homens e mulheres, de todos os grupos étnicos e religiosos. Os raios que figuram entre as duas pontas da estrela refletem o futuro livre, justo e brilhante da Etiópia. A cor azul do emblema simboliza a paz e a democracia desejadas para o país. As cores pan-africanas – verde, amarelo e vermelho – são a base da bandeira etíope, umas das mais antigas do continente africano. O esquema tricolor da bandeira é muito antigo, assim como o país, um dos mais antigos do mundo.

Bandeira da Etiópia com o Leão de Judá
A Bandeira com o Leão de Judá continua popular entre os adeptos do movimento Rastafari jamaicano e entre os seguidores de Haile Selassie, o rei da Etiópia entre 1930 a 1974.

Durante a existência da monarquia etíope aparecia representado na bandeira um leão coroado, conhecido como o “Leão de Judá“, que levava consigo uma bandeira com uma cruz, símbolo do vínculo do país com a Igreja ortodoxa etíope.

Quando as outras nações africanas receberam sua independência após a Segunda Guerra Mundial, muitas delas adotaram as cores da Bandeira da Etiópia, que se tornaram símbolos da libertação dos povos africanos.

Deixe seu comentário abaixo e curta nossa página no Facebook – Bandeiras do Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *